o sniper esmiúça o sócrates

este blog não gosta do sócrates

emails para nakedsniper@gmail.com

17 fevereiro 2009

the cicle of life

Já fui muito adepto do "don't get mad, get even". É uma questão de produtividade. A irritação, o remoer, faz perder tempo, desgasta e não traz benefícios. Por seu lado, a vingança, o pay back, embora também time consuming e desgastante, tem um objectivo, produz um resultado, sendo assim uma perda de tempo mais "produtiva".

Vim mais tarde a perceber que, mesmo tendo algum resultado, o tempo e a energia que se perdem na vingança acabam por não compensar. Há sempre o custo de oportunidade. Enquanto uma pessoa anda ocupada nessas actividades mesquinhas, há todo um conjunto de coisas agradáveis que não está a fazer.

Na realidade, aquela velha treta do "a melhor vingança é viver bem" faz muito sentido. E nem é uma questão de perdoar ou ser superior. É uma pura questão de egoísmo. Como disse antes, o tempo que se perde com a irritação ou com a vingança é tempo que não se gasta a ser feliz.

Agora, claro que isto é muito mais fácil de dizer do que de fazer.

Há pouco mais de 2 anos, como alguns recordarão, passei por uma fase muito complicada e tive a felicidade, por intervenção de um amigo e dificuldades logísticas que impediram um disparate de acontecer, de "passar para o nível seguinte". Agora, é a minha vez de ser o amigo. Até ver, não estou a conseguir tão bons resultados.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

2 Comments:

At 1:36 da manhã, Blogger T? said...

"custo de oportunidade"! para um gestor, falas bem ;)
Meu caro, a tua felicidade ou anterior infelicidade n estão interligadas, só se acreditares na teoria da cordas (é melhor ires ver ao google)
Podes tentar ajudar e só isso é o maior auxilio que qualquer pessoa pode ter.
E a merda k nos atinge nunca é a k mandamos, meu caro.
Abraços

 
At 10:32 da manhã, Blogger naked sniper said...

T?,

bem aparecido.

não disse que estavam ligadas. simplesmente, se ficas fechado numa sala sem janelas nunca vais ver o sol que brilha lá fora

 

Enviar um comentário

<< Home